17.10.2022

Workatona: alunos da FAE terão 12 horas para resolver desafios reais da Renault do Brasil


Maratona acadêmica reúne cerca de 500 estudantes de graduação e pós-graduação para solucionar desafios reais da multinacional francesa
Maratona acadêmica reúne cerca de 500 estudantes de graduação e pós-graduação para solucionar desafios reais da multinacional francesa

Doze horas de gamificação para solucionar desafios que o mundo do trabalho traz. Esse é um resumo do que é a Workatona, uma imersão em uma experiência real com o mercado de trabalho que cerca de 500 estudantes de graduação e pós-graduação da FAE Centro Universitário terão de enfrentar no dia 22 de outubro. Nesta 5.ª edição do evento, a multinacional Renault do Brasil vai propor a missão para aproximadamente 100 equipes que já se inscreveram na competição.

“Quando você está em uma empresa, tem de resolver os problemas dentro de um prazo determinado. E também há uma disputa, pois além de você outras pessoas da equipe estão buscando soluções. A Workatona propõe isto: uma imersão de altíssima competitividade e emoção, que exige criação, inovação, compartilhamento. Um grande jogo da vida real em que os estudantes deverão resolver problemas que impactam diretamente as pessoas”, explica o pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão da FAE, Everton Drohomeretski.

Durante o desafio, equipes multidisciplinares (formadas por alunos de todos os cursos da FAE) precisam de muito fôlego e espírito empreendedor, uma vez que têm 12 horas ininterruptas para apresentar as melhores soluções para o desafio proposto pela multinacional. Professores da FAE e profissionais da Renault do Brasil darão suporte aos estudantes como mentores. Tudo isso compõe o ingrediente da inovação: reunir pessoas de áreas diferentes, que estudam coisas diferentes, que pensam coisas diferentes e que fazem dessa diversidade uma grande aliada para resolver problemas.

De acordo com Everton, a educação superior, além de apresentar e aprimorar valores dos estudantes, tem como objetivo formar pessoas que consigam resolver os problemas do mundo do trabalho de forma inovadora. Observa, ainda, que a maratona proposta no evento é diferente de um simulado ou do trabalho desenvolvido apenas em um case. É muito mais do que isso. O estudante terá a oportunidade de viver a prática do mundo do trabalho em uma grande empresa. Prática essa não apenas de rotina, mas da inovação, do criar soluções para problemas reais. “Para que a academia seja inovadora e mostre ao estudante que é extremamente importante se reinventar a cada dia, precisa estar próxima da demanda do mundo do trabalho”, afirma. Essa é justamente a proposta da Workatona.

Assim, é plausível concluir que a pressão por resultados no mercado de trabalho não é somente negativa. Ela pode instigar e até motivar as pessoas a desenvolverem soluções inovadoras para os desafios que surgem dentro de uma corporação e, ainda, faz com que elas evoluam e cresçam no papel que desenvolvem enquanto colaboradores. E isso também se leva em conta na Workatona.

"A Renault é uma empresa humana, calorosa, inovadora e responsável.  Estamos produzindo no Brasil há mais de 23 anos e já atingimos mais de 3 milhões de veículos e mais de 5 milhões de motores fabricados. Esta proximidade com a universidade faz parte do nosso ecossistema de inovação, para produzirmos conhecimento e gerarmos soluções que cada vez mais facilitem a vida dos nossos clientes", afirma Mendi Ammad, VP Manufacturing & Supply Chain Latin America Renault.

Os alunos vencedores serão anunciados no dia 24 de outubro, na FAE Business School. Eles concorrerão a uma abordagem proativa para as oportunidades de estágio na Renault do Brasil, mentorias com profissionais, visitas à Fantástica Fábrica da multinacional, além de outros prêmios para enriquecer a carreira.



Compartilhe:


Verifique o  Cadastro FAE no MEC